05 novembro, 2006

Anestésicos em geral...

Bom, como se já não bastasse as Playboys, Sexys, Hustlers, Privates (a européia) da vida transformarem as mulheres em deusas de areia, a custa de muito retoque, agora a TV também faz isso! É isso mesmo, agora existem softwares para retocar as atrizes digitalmente, coisa que antes tinha de ser feita na hora da filmagem e não após ela.

O problema é que essa mulherada fica, literalmente, parecendo de plástico!

Vocês duvidam? Olhem só essa foto da Regina Duarte, retocada, e vão comparar com a imagem dela au naturéle. Igualzinha, não (isso é um frame da novela, não uma foto)?

é o monstro do Lago Ness piorado

O problema é que eu não assisto novela, então que tal algo mais próximos de nós, pobres mortais sacanas: Luiza Altenhofen, na edição de outubro da Playboy Brasil.

puta merda meu amigo, pelo menos você poderia ter arrumado o seio dela, né?!

Um filme que ví recentemente que emprega isso com resultados catastróficos é Ultravioleta. A Milla Jovovich, uma mulher pra lá de feia e que precisa de retoques digitais, conseguiu virar outra pessoa. O filme todo ela está como na segunda foto, uma cáca!



imagem sem efeito, foto on-set (click to zoom)


imagem com efeito, captura de frame hi-res (click to zoom)

O responsável por tudo isso é um software de pós-edição chamado Baselight, uma espécie de Photoshop para TV. Eu sei lá porque cargas d'água, isso me lembra aquele filme do Arnoldo Chuatizenéger, O sobrevivente (The Running Man), que é uma bela bomba, mas diverte se você estiver de saco cheio de tudo e desligar seus neurônios. Nele, em uma determinada cena, é mostrada uma armação para o público da TV se utilizando de softwares pós-edição, com o intuito de substituir a imagem dos personagens por outra.

Fico imaginando onde vamos parar.

Nem cabe aqui discutir esse negócio de padrão de beleza, ou a mulher do dia-a-dia, ou mesmo que a mulher bonita acaba ficando "feia", ou a "feia" acaba ficando linda. O problema mesmo é que as mulheres acabam parecendo que sairam de uma linha de montagem!

É só andar pela internet para confirmar isso: fora os implanters de silicone, plásticas e reconstituição cerebral a base de esterco de cavalo, todas elas tem o mesmo tipo de rosto, o mesmo tipo de cabelo, o mesmo tipo de coxa e o mesmo formato de xana.
Ultimamente os sites eróticos e pornôs de grande audiência estão passando por uma entre-safra, onde o faturamento deles vem caindo ano após ano (não se preocupem, não vão fechar. Qual as duas coisas certas de darem dinheiro nesse mundo? Sexo e indústria alimentícia! Portanto, sem preocupações nesse sentido).
Uma das razões é essa.

Ora, para que entrar neles, se todas as mulheres são iguais?

No outro lado, os sites de amadoras e semi-profissionais simplesmente explodiram, não por mostrarem mulheres bonitas - na verdade um monte delas nem são tão bonitas assim, parecendo uma batida de frente entre um Scania e um Volvo, os dois descendo ladeiras opostas a 200Km/H -, mas por mostrarem mulheres de verdade.
Sim, mulheres com defeitos, ou melhor, sem retoques.

O cinema e a música de consumo, altamente baseados na imagem da pessoa também vai pelo mesmo caminho, portanto, nada de chorar o leite derramado. Ou niguém reparou como ano após ano a Nicole Kidman parece cada vez mais uma boneca?
E isso não é um elogio... :-|



socorro, os marcianos estão invadindo a Terra! Chamem o M.I.B.

Como bem disse o Black Sabbath:
Glamour trip so soon to slip
Easy come but oh how quick it goes
Ten foot tall but what to fall
Hard to open yet so easy to close

  

3 comentários:

Barbarian disse...

Na 2ª foto... ela tá parecendo o Jack Nicholson! Num tá?

M.Marcolin disse...

Por isso eu prefiro fotos amadoras...

Defensor, O Maldito disse...

Saudações!
Acho que a mulherada tem o direito de dar uns retoques, às vezes é necessário, mas como tudo na vida que é exagerado faz mal, a plástica também. Algumas ficam parecendo alienígenas.
Abraços