25 janeiro, 2007

MX

Bem, o que dizer do MX? A banda era simplesmente fabulosa e seus integrantes muito gente boa, acreditem. E o thrash metal que eles faziam era coisa da melhor qualidade, simplesmente extraordinário.

Como bem o Rockdetector disse: "these under-rated Brazilian Thrash pioneers" (estes subestimados pioneiros do Thrash Brasileiro). Tudo bem, eles não foram exatamente os pioneiros, mas que eles eram subestimados, ah, isso eles eram.

Criado em 85, em Santo André, outskirts of São Paulo, o MX - não se sabe se o nome veio do míssel nuclear americano homônimo, ou se tem algo a ver com o ocultismo, nesse caso, Madame Xamã - lançou o seu primeiro disco em 89, o "Simoniacal" (que você encontra alguns posts abaixo). A formação era Morto (guitarra/vocal), Décio (guitarra), Edu (baixo), Alexandre Cunha (bateria).

Aqui está listado o álbum pós-Simoniacal, o "Mental Slavery"
O som, sem exceção, é o típico thrash violento, direto-e-reto. Só que os músicos são excelentes, o que torna bastante agradável a audição.

No Mental Slavery, relançado com as faixas ao vivo aqui apresentadas, vocês podem notar a energia que a banda colocava em seus shows.
E que cansava até a platéia, tamanho gás que a banda tinha em seus concertos.

Em 192Kbps

Mx - Mental Slavery (1989)


01-Mental Slavery
02-Behind His Glasses
03-Fake Truth
04-The Guf
05-Obvious, Who Isnt
06-I Will Be Alive
07-I Will Bring You With Me
08-What Am I
09-Ritual Of Strings
10-No Violence
11-Dirty Bitch/Fighting for the Bastards [Live]
12-Satanic Noise [Live]
13-Inquistion [Live]
14-Dead World [Live]
15-Jason [Live]
16-Restless Soul [Live]
17-Dark Dreams [Live]
18-Destructor Of Heads [Live]

Download

3 comentários:

tânia disse...

arrasou nos posts, com excessão do Dorsal alí eu tenho o MX e os The Mist (Korg is God !!!!)

é uma pena q só o Hagman three saiu uma obra prima neh heheh..
eu gosto do ashes to ashes, mas é foda.. sem korg decepciona =/

belo post, acho q vou baixar o dorsal ;D

Mestre Splinter disse...

Outra banda que só ouvia dizerem que existia, conheci só baixando mesmo...a coisa era braba aqui nos cafundó do Judas...Mas a gente se virava! Lia qüalquer coisa na Brigade ou escutava nos programas de rádio da época mesmo, e saia mundo afora procurar...ainda era tempo da fitinha velha colada com esmalte, hehehe...

Valeu mais esse!

DERIVADOS disse...

..esse Post aqui eu te confesso, nunca pensei em achar, muito foda, valew mermo !!..visite meu blog:
http://derivadoscom.blogspot.com/