08 abril, 2007

Iron Maiden - Death on the Road (2005)

Opa, finalmente a turnê Death on the Road gravada ao vivo! E - desabafando - que disco difícil de se achar na rede, ainda mais em qualidade alta (não estou contando os P2P da vida)...

Sei lá cargas d'água porque, o pessoal insiste em comparar os releases atuais ao vivo com o Live After Death. Chega a ser covardia, por dois motivos: a) o Iron estava nos cascos naquela época e agora eles estão na curva descendente; b) O Live After Death não é o típico álbum ao vivo que todos estão acostumados a ver, ele é realmente uma adição na discografia deles.
Poucas bandas tem a capacidade de conseguir isso. Algumas outras que conseguiram esse feito foram o Deep Purple, com o Live in Japan, o Led Zeppelin, com o The Song Remains the Same, os Scorpions, com o Tokyo Tapes, entre outras. Mas esse é um feito bem difícil de ser atingido.

E parece que eles cansaram dos outros lançarem bootlegs, lucrando a custa deles, e resolveram eles mesmos fazerem isso!
Já notaram que desde 98, quase todo ano tem um Live saindo? ;-)

Tirando esses pontos, o que dá pra falar de Iron ao vivo? Os caras são bons pacas, é o ambiente natural deles já a bastante tempo. Quem quiser confirmar, é só pegar alguns concertos da turnê nova, A Matter of Life and Death, e notar que mesmo as músicas deste álbum - que não é o melhor deles, mas também não é ruim, é somente mais um da discografia - ficam muito boas no palco. O mesmo vale para o álbum Dance of Death, que é um disco legal, nada sobrenatural ou inovador, mas é um bom disco.
E as músicas dele também funcionam ao vivo, isso é o melhor de tudo.

Só uma coisa: pelo que eu andei lendo, o DVD deixa bastante a desejar. O pessoal anda reclamando pacas da edição e do som 5.1 dele e eu posso falar o mesmo do DVD Rock in Rio 2002, já que eu tenho este último.
A edição parece uma mini-gun (aquela do filme "O Predador", lembram?), de tão rápida que ela é! Você não consegue ficar mais do que 5 segundos com a mesma imagem ou ângulo na tela, parece que Steve Harris tomou trocentas cachaças na ilha de edição e começou a tocar baixo com ela! O som é outro ponto.
Eu não tenho um sistema 5.1 e para quem não tem, recomendo ouvir os dois DVDs em Stereo (2.0), pois o som parece estar dançando samba, de tanto que ele pula de uma caixa para outra (fora os instrumentos que somem de vez em quando).

Fora isso, eu gostei desse ao vivo aqui, dá pra divertir bastante, Bruce e a banda estão irados na Wratchild, faz tempo que eu não ouvia uma versão tão boa dela ao vivo!
Esta é a versão em CD, não é DVD-A!
Em 320Kbps, capas inclusas.



Disc 1
1. Wildest Dreams
2. Wrathchild
3. Can I Play With Madness
4. Trooper
5. Dance Of Death
6. Rainmaker
7. Brave New World
8. Paschendale
9. Lord Of The Flies

Disc 2:
1. No More Lies
2. Hallowed Be Thy Name
3. Fear Of The Dark
4. Iron Maiden
5. Journeyman
6. Number Of The Beast, The
7. Run To The Hills

Part 1
Part 2
Part 3
Part 4

Um comentário:

Michel disse...

Hazza, show de post. Mas "Live" in Japan? É a emoção do MADE in Japan com o LIVE in London, com certeza.

Olha, se você não gostou do Medieval Macabre, lá vai outro site: Dream Anatomy

www.nlm.nih.gov/exhibition/dreamanatomy/da_gallery.html