27 maio, 2007

X-Wild

Já tinham me enviado isso aqui pelos comentários - eu esquecí quem foi, mas valeu - e eu finalmente descolei versões em melhor qualidade deles.

O X-Wild era uma banda alemã formada só por músicos oriundos de dois tipos de grupos: os medalhões ou os muito foda. :D
O núcleo principal eram o guitarrista Axel Morgan (ex-Running Wild), o baterista Stefan Schwarzmann (também ex-Running Wild e Krokus, Accept, UDO, entre outros), o vocalista Frank Knight (ex-Bufallo UK) e o baixista Jens Becker (ex-Grave Digger e Running Wild).

Após o álbum Monster Effect, Stefan sai do grupo e em seu lugar entra Frank Ullrich (ex-Living Death e Grave Digger)
Pelo que deu pra preceber, os músicos da banda eram a nata proeminente da Alemanha, vindos de bandas também famosas.

A piada corrente era que a banda era filial do Running Wild, já que três músicos eram egressos desta, mas é interessante que o som que eles fazem é muito mais calcado na fase inicial da banda (Gates to Purgatory/Branded & Exiled), do que pelos álbuns em que os músicos tocaram (Pile of Skulls/Blazon Stone/Port Royal).

Falar que é cópia fica meio estranho, pois os integrantes, especialmente Stefan e Jeans, ajudaram a moldar a sonoridade inicial da banda, então é claro que esta influenciaria bastante o X-Wild.
O primeiro álbum aqui listado, So What!, segue a linha inicial da banda - e é muito bom -, enquanto que o Savageland é mais diversificado, cortesia da entrada do batera Frank Ullrich, que trouxe influências novas - especialmente do Living Death - para a música feita pelo grupo.

No frigir dos ovos, a coisa toda é bem legal.
E está em formato FLAC, que como todo mundo sabe, é um formato de compressão sem perdas (lossless), ao contrário do MP3, que é com perdas (lossy). É exatamente uma cópia do CD, para quem se pergunta qual a vantagem.
A desvantagem é o tamanho dos arquivos, que são bem grandes, como vocês irão notar.


So What! (1994)


01. Can't Tame The Wild
02. Dealing With The Devil
03. Scarred To The Bone
04. Wild Frontier
05. Skybolter
06. Beastmaster
07. Kid Racer
08. Into The Light
09. Freeway Devils
10. Mystica Deamonica
11. Thousand Guns
12. Different, (So What)

Download (Megaupload, 471 MB)


Savageland (1996)


01. Savageland (Intro)
02. Braveheart
03. Savageland
04. Born For War
05. Murder In Thy Name
06. Children Of The Underground
07. Dragonslair
08. Die Like A Man
09. Field Of Blackbirds
10. Clash Of The Titans
11. Hunting The Damned
12. Chaos Ends

Download (Megaupload, 395 MB)

pass for all: nnm.ru

2 comentários:

Michel disse...

Hazza, eu não posso deixar de pentelhar, mas o buraco do X-Wild é mais embaixo: na época do Pile of Skulls o Running Wild tava dando $$$ para o Rock'n'Rolf. Pô o resto da banda também cresceu o olho e... rua. Putos, fundaram o ex-Wild. Simples assim, não é mesmo?

Pentelhando mais, eu já conhecia esses dois discos - bons por sinal - mas não o do meio, o Monster Effect. Você não descola não?

E pentelhando mais e mais, parabéns, show de post, para mim o melhor dos últimos dias junto com o Accept (fodão) e os piratas do Sabbath (fodãozíssimos), mas FLAC em Merdaupload é debochar da gente...

Para completar, pentelhando mais e mais e mais, a sopa de letrinhas de verificação de palavras é w-r-m-d-x-f-v-b. PQP!!! E nem vai entrar, vai aparecer outra com certeza...

PS: bingo! agora é y-l-c-f-p-v-t.

hazzamanazz disse...

Porque deboche? Tudo bem, só dá para fazer download de lá após as 7/8 da noite, mas a velocidade até que é legal - está melhor que o RS, ultimamente - e se você tem internet via cabo, é só usar a técnica que postei aqui, que consegue fazer o download deles em seguida.

O Monster Effect eu também não conheço, vou ver o que faço.

[ ]'s