06 junho, 2007

Ministry - The Land of Rape and Honey (1988)

Mais um que fiz questão de comprar, um dos melhores álbuns do Ministry, aliás.

Ah sim, antes de você pensar besteira - já que rape, em inglês, quer dizer "estupro" e honey, "querida, bonitinha" -, o título nada mais é do que um lema da localidade de Tisdale, no Canadá, especializada na plantação de Canola e mel (honey).
Para se produzir óleo de Canola, você esmaga o pé e o retira do bagaço (rape).
Portanto, "A terra do bagaço e do mel".

E o pessoal ainda diz que o inglês é uma língua simples e fácil, hein? :P

Bem, o que dizer disso aqui? O álbum é um verdadeiro chute no saco, foi daqui que veio um dos grandes sucessos da banda, a música Stigmata, e a "dançante pogando", Deity. ;-)
Para o pessoal que gosta de um hardcore-eletrônico, não posso de deixar de recomendar duas, as músicas You Know What You Are e Flashback.

A coisa toda é boa pacas, para quem se pergunta.
Em 320Kbps, capas inclusas



01. Stigmata
02. Missing
03. Deity
04. Golden Dawn
05. Destruction
06. Hizbollah
07. Land of Rape and Honey
08. You Know What You Are
09. I Prefer
10. Flashback
11. Abortive

Part 1
Part 2

2 comentários:

Michel disse...

Ahhhh...


Quanta delicadeza nesse disco...


Pô, eu também acho esse um dos meus favoritos - uma pérola negra na minha discografia.

E as chamadas de Full Metal Jacket em Thieves? Ducaraleo!

Mestre Splinter disse...

Ministry tem um lugar todo exclusivo no panteão do som pesado... e este é imprescindível em qualquer coleção!

Mas o que eu curto mesmo botar p'ros vizinhos curtirem é o Psalm 69...loco, que peso que tem aquilo...teve uma época que eu só escutava isso!