28 janeiro, 2007

Eternal Devastation - Slaughterhouse (2006)

Banda da cidade de Goiânia, em Goiás, claramente influenciada por Destruction, Kreator (bem definidos) e Slayer (em menor grau, especialmente na hora dos solos), então você já imagina a porrada que vem por aí. Na verdade a própria banda se define old-school thrash metal, mas não é uma cópia das mesmas.
Os músicos são bons, o que aumenta ainda mais o prazer de escutar o álbum.

Bom, o que eu vou falar? O negócio todo é uma trauletada na idéia muito bem executada, embora a produção pudesse ser um pouco melhor, pois apesar dos instrumentos estarem nítidos e a mixagem estar a contento, há momentos onde eles embolam.
O álbum abre cuspindo fogo com a música "Dry Law", que eu gostei bastante. A música "Into Christian's Mind" me lembrou bastante Slayer, especialmente no solo de guitarra, claramente a lá Jeff Hanneman (o que aliás, conta pontos para a banda, pois eu sempre gostei mais dele do que do Kerry King. Aliás, você sabe que ele é o principal compositor do Slayer, escrevendo quase todas as letras e músicas da banda, certo?).

Ficar indo música por música é besteira, pois o álbum é muito bom! O que dizer de uma música chamada "Kill the Nonalcoholic Cells (Mate todas as células não-alcólicas)", uma ode ao alcoolismo! LOL :D
Vale bastante o download!

Para quem tiver dificuldade, já que está hospedado no Up-File, vá até o fim da página e clique em Your link here. Up-file free for all e Escolha a opção free. Não ligue para a montanha de "câmeras amadoras" que irá ser mostrada e espere trinta segundos para baixar.
A velocidade de download foi boa, para quem quer saber, média de 200KB/s (em uma linha de 2Mbps).

Em 192Kbps
Site da Banda



1. Dry Law
2. Into Christian’s Mind
3. Bar Maniac
4. Hunting Priest
5. Sober’s Sacrifice
6. Kill The Nonalcoholic Cells
7. Buried in Blasphemies
8. M.A.D. (Mutual Assured Destruction)

Download

3 comentários:

doggma disse...

Deve ser 80's total mesmo... até a arte de capa lembra um mix das capas do Destruction (o butcher louco) com as do Tankard (a cerva). :P

Michel disse...

Bom som! E eu nem sequer tinha ouvido falar.

Já que é para rotular: é speed metal na veia! Como a trindade germânica: Sodom, Kreator e Destruction. Fazia tempo que não aparecia uma banda nacional de qualidade no gênero.

Defensor, O Maldito disse...

Uma boa surpresa saber que existem ainda bandas nacionais nesses estilos.
Abraços